Breaking

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Urnas eletrônicas são apreendidas em Autazes - Amazonas - #FAKE

Fake News - Circulam nas redes sociais, fotos de urnas eletrônicas que teriam sido apreendidas pela PM, na Estrada dos Autazes, distante cerca de 113 km de Manaus, no Estado do Amazonas. As fotos foram postadas por um dos policiais militares que estavam na operação.

Essa seria uma grande prova das fraudes das urnas, e da falta de segurança e zelo dos equipamentos eletrônicos de votação. Seria se não fosse uma história falsa. Uma Fake News lançada na rede pelo PM que ao invés de atuar com a verdade, preferiu compactuar com a mentira.


É mentira que urnas eletrônicas foram apreendidas pela PM em Autazes - Amazonas -




Verificação dos fatos - De acordo com as reportagens de portais de noticias do Amazonas, como o D24AM (Diario 24 horas do Amazonas), o caso já teria sido esclarecido por autoridades competentes.

a Assessoria de Comunicação do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Amazonas (TRE-AM), informou que um chefe do cartório e funcionário do TRE-AM estava levando, em seu próprio veículo, e devidamente autorizado pelo órgão eleitoral, as urnas eletrônicas para Manaus. O carro foi parado em uma Blitz da Policia Militar e durante o procedimento de checagem, um dos policias fotografou as urnas e postou nas redes sociais.

Não houve prisão, não houve interpelação, não houve nada, porque obviamente o servidor está totalmente respaldado e se dirigindo a Manaus”, afirmou a assessoria do TRE.

A polícia Militar do Amazonas, também, se pronunciou sobre o lamentável episodio em que um de seus Policiais Militares teria divulgado por "equívoco" nas redes sociais as fotos da apreensão fake das urnas eletrônicas.

O Comando Geral reitera que todo o procedimento realizado pelo TRE, está ocorrendo dentro de sua normalidade com a máxima lisura, não havendo quaisquer dúvidas com relação ao andamento do processo eleitoral.

O Comandante Geral Coronel PM Cláudio Silva informou, na nota, que tomou conhecimento do ocorrido e determinou que a ação do policial seja apurada dentro dos ditames legais, pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD), afim de, combater atitudes que disseminem a proliferação de fake news.

Conclusão - em tempos conturbados e disseminação de notícias falsas que causam inseguranças eleitorais, um policial militar, de forma, equivocada, apressada ou, quem sabe, má-intencionada, divulgou uma fakenews sobre a apreensão de urnas eletrônica totalmente regulares e com autorização de transporte para Manaus.






Nunca mais caia em Boatos - SIGA O Boatos.info no Facebook
>


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox