Breaking

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Grupos no Facebook poderão cobrar mensalidades dos membros - Verdade

Verdade - De acordo com a publicação do blog do Facebook, News Room, já se encontra em fase de teste a possibilidade de alguns grupos no Facebook passarem a cobrar de seus membros mensalidades de variam de US$ 4,99 a US$ 29,99 (valores em dólares).

Ainda de acordo com as informações oficiais, não serão todos os grupos que serão pagos no Facebook, apenas alguns tipos de grupos, como grupos de pais, organização doméstica, culinárias dentre outros, poderão cobrar mensalidades, e, ainda assim, a cobrança se dará através da criação de subgrupos. Ou seja, o grupo já criado não irá cobrar nada, somente seus subgrupos.



Um dos grupos que foram "agraciados" pelo Facebook para serem rentabilizados é o "Declutter My Home" ("Organize minha casa"), cuja administradora, Sarah Mueller, criou dentro do grupo um subgrupo do mesmo tema que cobra uma mensalidade de 14 Dólares e 99 Centavos.




Sobre a criação de grupos pagos, o Facebook diz que o novo recurso é para que os administradores de grupos, que dedicam muito tempo e dedicação ao crescimento de suas comunidades, também possam ser recompensados por suas dedicações, criando, assim, mais conteúdos de qualidade.

O recurso de pagamentos dos grupos do Facebook, por enquanto, está disponível somente em dispositivos móveis, e o Facebook não fica com nenhuma parcela do valor cobrado. Claro que os administradores terão descontados as taxas de uso dos aplicativos nas lojas da Apple e Google.

Opinião - Acreditamos que a nova funcionalidade que fará que alguns grupos do Facebook sejam pagos, não irá afastar as pessoas dos grupos, afinal, por serem Subgrupos, terão que atrair, inicialmente pessoas para o grupo principal], que precisa se manter ativo e interessante. A parte paga ficaria para conteúdos mais elaborados como aulas e cursos completos com a participação de suporte técnico.

Acreditamos que seja uma forma do Facebook manter em sua rede pessoas interessadas em cursos on-line, sem que elas precisem acessar uma plataforma externa como acontece atualmente. Criando em um só local toda a interação necessária, desde a aula ao suporte técnico e tira-dúvidas.

O projeto ainda é apenas um piloto com poucos grupos. Caso a resposta do publico seja positiva a modalidade deve se expandir para mas grupos.

Lembrando mais uma vez que os grupos continuarão gratuitos, somente os subgrupos, ou seja, grupos criados dentro dos grupos principais, é que poderão cobrar pelas mensalidades.





Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox