Breaking

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Mensagens dizendo que seu celular foi infectado é golpe

Golpe - Falsas mensagens informando que seu celular foi infectado, sua bateria está danificada por vírus, a velocidade da sua internet será restringida.

Quem possui celular Android, inevitavelmente já deve ter se deparado com uma mensagem assustadora, quando navegava em algum site, informando que o seu celular está com vírus que pode danificar a bateria, o chip ou limitar a velocidade da internet.

A solução, de acordo com as mensagens falsas, seria clicar em OK para instalar um aplicativo da loja do Google.


Seguir as instruções dessas mensagens falsas pode causar grandes prejuízos, como instalar de fato programas maliciosos no celular que não estava infectado, ou, ainda, agregar ao smartphone um programa desnecessário.

Esse golpe normalmente é praticado por empresas que recebem dinheiro por cada app baixado nas lojas oficiais, mas também pode ser usado por pulhas virtuais que desejam roubar dados das vítimas.

Funciona da seguinte maneira: O dono de um site desejando rentabilizar seu sítio na web entra para um dos milhares de programas de afiliados que pagam para ele, o dono do site, um valor a cada exibição de uma propaganda. Essas propagandas são randômicas, ou seja, são exibidas de forma aleatória, podendo ser da empresa X, Y ou Z.

Ocorre que algumas dessas propagandas usam de artifícios poucos éticos para fazerem o consumidor comprar ou baixar determinado aplicativo, dentre esses artifícios estão a falsa notificação de vírus cuja solução é baixar um programa que protegeria ou limparia o celular da vítima.

Ressaltamos que os donos dos app são tão vítimas quanto os donos dos sites que exibem as propagandas e os usuários que as recebem em seu celular. 

Os grandes vilões são as empresas de afiliados/patrocínios que de forma espúria veiculam os anúncios.

O que fazer quando aparecer uma falsa mensagem informando que o celular está infectado por vírus?





Apesar do aviso ser assustador - e a intenção dele é essa, assustar - não se desespere e nem baixe nada. Feche a navegação clicando no X no alto do banner da propaganda, ou simplesmente clique no botão de voltar no seu celular. Ainda pode-se usar o botão de encerrar app do seu smartphone.

Mas nunca clique em OK ou "Não, obrigado". Isso porque, apesar de na maioria das vezes - ao clicar nessas opções - ocorrer um redirecionamento para a loja de aplicativos do Google que não representa perigo algum, pode, entretanto, ocorrer um redirecionamento para um site malicioso, ou ainda, baixar diretamente algum arquivo nocivo com potencial poder de infecção real. 

Como não sabemos quem inseriu o banner e nem tampouco sua intenção, a prudência manda nunca interagir com a oferta. Apenas feche-a.

Vale lembrar, que a culpa não é do dono do aplicativo. Não é ele quem faz a propaganda. Assim como o dono do site que contrata uma empresa de afiliados, os donos dos app também o fazem na intenção de vender seus produtos de forma honesta e legal, mas acabam sendo enganados por algumas agências inescrupulosas.

Um exemplo de empresa honesta que tem sofrido com essa prática das empresas de propagandas é  a  PSafe, criadora do excelente DFNDR (app ativirus).

Diante do problema, a PSafe fez um alerta aos internautas esclarecendo que combate essa prática de propagandas agressivas e mentirosas.
Nós lutamos contra essa prática
Essas propagandas mentirosas fazem você instalar um monte de apps diferentes, inclusive o DFNDR. Por que? Porque todos os aplicativos usam redes de propaganda online para se divulgar. Nós enviamos as nossas propagandas para essas redes mas, sem que a gente saiba, elas trocam nossos anúncios por esses avisos de vírus.
Aí é só esperar que os internautas desavisados cliquem para depois apresentar a fatura pra gente aqui na PSafe, desenvolvedora do DFNDR, pagar. Só para se ter uma ideia, a PSafe conseguiu recuperar 250 mil dólares no ano passado caçando esse golpe contra a gente e contra os nossos usuários. Fonte - Blog da PSafe








Nunca mais caia em Boatos - SIGA O Boatos.info no Facebook


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox