Breaking

terça-feira, 22 de maio de 2018

Deputado do PT quer desarmar PM para não matarem bandidos - Falso

Verdade Deturpada e ironia - Circula na internet, um vídeo da entrevista de um Deputado Estadual, supostamente do PT, propondo o desarmamento da Policia Militar. "Se não podemos desarmar os criminosos, que nós desarmemos os militares" teria dito o Deputado.

Evidentemente que essa entrevista deu o que falar e causou extrema revolta aos ouvintes, ainda mais quando a deturparam e a associaram ao PT , o partido mais amado e odiado do Brasil. Ah esses esquerdistas, amantes dos criminosos, dessa vez passaram dos limites. Será?

Deputado do PT quer desarmar PM para não matarem bandidos - Falso


Deputado do PT quer desarmar PM para não matarem bandidos - A verdade


Fact-Checking - Antes de fazermos a verificação dos fatos, assista ao vídeo abaixo


O Deputado em questão é o Major Araujo do PRB - Partido Republicano Brasileiro, e não do PT como tem sido falsamente veiculado nas redes sociais e, principalmente, ou pior, pelo candidato a presidência Jair Bolsonaro em seu Twitter (aqui)






O que Jair Bolsonaro e muitos internautas não sabem, é que além do Deputado Major Araujo ser ex-policial militar é também, filho de tenente e irmão de dois sargentos da PMGO. Ou seja, um grande defensor da Policia Militar, defensor do porte de armas para os cidadãos, e criador de diversos projetos de apoio a PM

Major Araujo, revoltado com as inúmeras acusações e processos que os policiais militares sofrem ao executarem bandidos durante os confrontos armados decidiu, de forma irônica, criar, em 2011, o Projeto de Lei n° 787  propondo o total desarmamento da Polícia Militar.

A sua intenção era chamar atenção para o problema, criando um debate para saber, pelo referendo, se a população acha a forma de agir da PM correta ou se deve mudar. Mudança essa que só poderia ocorrer caso se desarme a Policia Militar, pois os militares tem sido condenados por uso de armas letais quando os confrontos com bandidos armados são inevitáveis.

Ao Jornal Popular o Major respondeu de forma irônica que, se seu projeto for aprovado, a Polícia Civil seria chamada. "Se o militar for surpreendido por bandidos armados, levanta as mãos e se entrega. Fazer o quê?"

Concluindo - Embora tenha ganhado grande repercussão na internet em 2017 e 2018, o Projeto de Lei n° 787 criado pelo Deputado Estadual Major Araujo do PRB-GO  (e não do PT, como compartilhou Jair Bolsonaro), pedindo o desarmamento de todo o efetivo da PM goiana, é de 2011.

O projeto foi criado como forma de protesto pelos inúmeros processos que policiais militares sofrem ao partirem para confrontos contra bandidos armados e que resultam em mortes dos meliantes.

O projeto, na época, 2011, chegou a ser aprovada preliminarmente em plenário e seguiu para discussão e votação na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), onde foi barrado.





Nunca mais caia em Boatos - SIGA O Boatos.info no Facebook


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox