Breaking

terça-feira, 17 de abril de 2018

Planta Comigo-ninguém-pode mata criança de 5 anos - A VERDADE

Boato e Fake News - De acordo com informações postadas em blogs, Facebook e Whatsapp, uma criança de 5 anos morreu após ingerir folhas da planta Comigo-ninguém-pode, também conhecida como aningapara e amoena. O caso teria acontecido em  Rolândia-PR.



Texto do boato - "Esteban, de apenas 5 anos, brincava dentro de sua casa em Rolândia-PR, quando se sentiu mal e procurou a sua mãe, que pensou que com algumas carícias acalmaria o pequeno. Algumas horas depois, o desconforto agravou-se, obstruindo parcialmente a sua respiração. Foi quando a mãe dele decidiu chamar uma ambulância para levá-lo para o hospital.


Angustiada, a mulher não entendia o que se passava, até que o médico saiu para lhe dar as más notícias: o seu filho tinha morrido por intoxicação. O médico pediu à mãe para fazer um teste de sangue para analisá-la e determinar a causa da sua morte. No seu sangue encontraram uma toxina potente chamada oxalato de cálcio, que se encontra na planta amoena (comigo ninguém pode).


Foi assim que a mãe descobriu que o esteban morreu por comer a folha de uma planta que achava inofensiva. Esta planta, cabe ressaltar, é muito usada para decorar o interior das casas em todo o mundo. "

É verdade que a "comigo-ninguém-pode" matou uma criança de 5 anos?




Verificação dos fatos - O boatos.info jamais será um site que peca pela levianidade e, portanto, pede a seus leitores que leiam essa matéria com muito cuidado, pois, apesar do anunciado da morte da referida criança ser falso - esclareceremos logo abaixo -,  a toxidade da planta comigo-ninguém-pode ou amoena é potencialmente perigosa e em caso de ingestão há a necessidade de se procurar ajuda médica.

Sobre o boato da morte da criança que comeu a comigo ninguém pode, vale ressaltar que se trata de uma versão brasileira de uma fake-news que circula há tempos na internet. Antes de aparecer em terras tupiniquins e passar a residir em Rolândia no Paraná, a história do pequeno "Esteban de apenas 5 anos" já circulou nos EUA, Mexico, Colômbia e diversos outros países como mostra esse artigo - em inglês - do site House and Family Tips e do em espanhol Dios es Bueno.

Nas versões gringas há, ainda, um alerta sensacionalista informando que a "comigo-ninguém-pode" possui um veneno tão poderoso que é capaz de matar uma criança em 1 minuto e um adulto em 15 minutos.

Nenhuma das versões, absolutamente nenhuma delas, dão qualquer detalhes que possam de fato identificar o tal Esteban. Nenhuma mídia séria deu qualquer tipo de notícia sobre o caso em local algum do mundo.  Trata-se de mais uma das muitas lendas urbanas que cercam a comigo-ninguém-pode.

Mas afinal, a Comigo-ninguém-pode mata?

Como dissemos acima, o Boatos.info jamais será leviano para chamar a atenção ou gerar likes com fake-news e iscas de cliques.

No que diz respeito a possibilidade da Comigo-ninguém-pode ser letal, no entanto, Ed Krenzelok , professor emérito de farmacologia no Centro Médico da Universidade de Pittsburgh e ex-diretor do Pittsburgh Poison Center que pesquisou especificamente sobre a toxicidade da planta, é cético:
Eu nunca vi uma fatalidade na minha experiência relacionada à Dieffenbachia ou a qualquer um dos membros da família Arum. Revisei virtualmente […] centenas de milhares de casos em minha carreira envolvendo plantas dessa natureza.
O folheto distribuído, aqui no Brasil, pelo SINITOX - Sistema Nacional de Informações Tóxicos-Farmacológicas - , não relata o risco de morte como resultado da toxidade da Comigo-ninguém-pode, mas esclarece que a planta é a responsável pela maioria dos casos de intoxicação de crianças menores de 10 anos.

Ainda segundo a SINTOX, a ingestão da folhagem da comigo-ninguém-pode, cultivada no interior das casas por, supostamente, combater o mau-olhado, pode causar queimação, inchaço de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarréia, dificuldade de engolir e asfixia - Fonte Folha SP.

Tecnicamente, o oxalato de cálcio, presente na comigo ninguém pode, que é irritante, mas não venenoso, quando ingerido, pode ser fatal porque os cristais em forma de agulha podem perfurar os tecidos da região do pescoço, provocando edema, o que impede a passagem do ar, matando por asfixia. O risco é maior para animais de estimação (cães e gatos) e crianças. Mas ainda assim, especialistas afirmam que a dor intensa na boca geralmente impede que as crianças comam uma quantidade significativa da planta.

Obviamente que, na duvida se a comigo-ninguém-pode mata ou não, não devemos deixar essa planta ao alcance de crianças e animais. Vale ainda, para o bem das crianças, esclarece-las sobre o perigo que essas plantas representam.








Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox