Breaking

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Maçã com Parafina faz mal à saúde? Verdades e Mentiras

Boato e Desinformação - Circula nas redes um vídeo de uma mulher dizendo que os supermercados estão colocando parafinas nas maçãs para que elas não estraguem e, de acordo com o vídeo, essa parafina na maçã faz mal a saúde.

No Vídeo, a mulher diz que irá explicar como é perigoso comer maçã com cera, achando que basta lavar e pronto. Ela segue dizendo que a mãe dela já tinha a alertado e, por isso, ela mesma decidiu testar em casa. A mulher informa, por ouvir dizer, que são os supermercados que colocam aquilo que ela chama de "parafina", com o objetivo de conservar e deixar a fruta bonita.

Maçã com parafina faz mal para a saúde?


No resto do vídeo, a mulher raspa a maçã e orienta as pessoas, a sempre que puderem, removerem a parafina raspando a casca da fruta com uma faca. O vídeo é pura desinformação, mas a culpa, em partes, não é da moça que fez o vídeo. As preocupações dela são oriundas de um boato que  já existe há gerações, quase uma lenda urbana. A culpa dela é somente fazer um vídeo alarmista sem buscar qualquer tipo de informação, mesmo em pleno 2017.

Assista ao vídeo abaixo e continue a ler a matéria com as verificações dos fatos e descubra se as maçãs com "parafina" fazem mal a saúde ou não.

Maçã com Parafina faze mal à saúde?


Publicidade:





Verificação dos fatos - Videos com questionamentos sobre as ceras das maçãs já andaram viralizando na internet em 2014. Na ocasião, o alvo eram as maçãs da Turma da Monica e foi motivo de esclarecimentos da revista Globo Rural e pela Associação Brasileira de Produtores de Maçã – ABPM.

A cera que reveste as cascas das maçãs existe de fato, mas não são colocadas nem pelos agricultores, nem pelos mercados ou vendedores. A cera é natural, produzida pela própria fruta e não faz mal a saúde.

Lenice Magali do Nascimento, pesquisadora científica do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), esclarece que ao contrário da maçã, algumas frutas  de fato recebem uma mistura de cera de carnaúba e resinas feitas à base de colofônia, que - assim como a carnaúba - tem origem vegetal. Pode ser utilizada também a cera produzida pelas abelhas, ou, ainda, a goma laca, que é uma resina produzida por um inseto (Kerria lacca).

A carnaúba é uma palmeira encontrada no nordeste brasileiro A partir do revestimento que possui em suas folhas é retirado um pó, de onde é obtida a cera.

A imersão de algumas frutas em ceras e resinas, tem como objetivo deixar a fruta mais bonita e repor a cera natural que elas mesmo produzem, e que são removidas após a escovação.
“Após colher a fruta, ela vai ser lavada e escovada para tirar o grosso da sujeita que vem do campo. Com isso, sai também a cera natural que evita que ela transpire mais, e com isso, perca água. Isso gera mais tempo na prateleira”, diz a pesquisadora. Uma fruta sem a cera duraria três dias, contra uma semana ou mais com o revestimento.
A maioria das frutas que aplicam cera não se come a casca (como o caso de tangerinas, laranjas e abacate). A maçã brasileira não recebe aplicação de cera, a que ela tem é natural.

A maçã, após a colheita, passa por um processo de lavagem simples com cloro, logo em seguida vai para a secagem e É acondicionada na embalagem. Maçãs não recebem escovações, isso iria ferir a casca sensível que certamente seria  rejeitada pelo consumidor.

Mesmo as frutas que recebem a cera de carnaúba não fazem mal a saúde. Se trata de uma cera natural e aditivo alimentar.

Nota de esclarecimento da Associação Brasileira de Produtores de Maçã – ABPM.
Inicialmente, importa ressaltar que o acúmulo de ceras sobre a casca de frutas, folhas e até mesmo sobre flores, é um processo natural do desenvolvimento de algumas plantas. A formação da cutícula sobre a parede das células da casca ocorre desde o início do desenvolvimento dos frutos e tem a função de protegê-los contra estresses do meio ambiente tais como vento, temperatura e seca, não apenas quando o fruto está ainda ligado à planta mãe, mas também após a colheita.

Entre as demais funções desta cera natural da fruta, ela é responsável por evitar a sua desidratação depois que a colheita é realizada, bem como melhora a troca gasosa na respiração, podendo prevenir contra ataque de fungos decompositores, além de realçar a cor e o brilho natural da maçã. Esta camada natural de cera pode ser mais ou menos espessa em função de características como Cultivar, época de colheita, período em que a fruta ficou armazenada, região de produção e principalmente em função do clima sob o qual a fruta foi produzida, (clima mais quente ou frio, maior período de insolação, chuva e etc.) - Fonte: ABPM

Concluindo - Supermercados não colocam ceras em maçãs. A cera da maçã é uma proteção natural produzida pela própria fruta e não faz mal a saúde.

Diferente da maçã, algumas frutas como a tangerina, laranja, limão, abacate etc podem ser banhadas, pelos produtores, em resinas naturais para proteção e reposição da cera natural que essas frutas perdem no processo de higienização, mas, ainda assim, essa cera, resina ou película não fazem mal a saúde.

Participe do Verdade Absoluta e mantenha-se informado sobre as verificações de fatos dos boatos e golpes na internet através do Whataspp (11) 98908-9700 na Página do Facebook ou no Grupo do Facebook.



2 comentários:

  1. Olá meu querido amante da cerveja!
    Parabéns pelo trabalho, porem essa sua informação possui uma contradição e é bastante dúbia, vejamos:

    ABPM informa "... em alguns paises a aplicação de óleos naturais comestível (de carnaúba) sobre frutas tais como maças, laranjas e outras é bastante comum, mas no Brasil essa tecnologia NÃO É EMPREGADA."

    Logo abaixo vc informa: "Diferente da maçã, algumas frutas como a tangerina, laranja, limão, abacate etc podem ser banhadas, pelos produtores, em resinas naturais..."

    Não gostaria de perder a credibilidade no site e gostaria de VERDADE ABSOLUTA por tras desse fato.

    Muito grato!

    Sem mais,
    H

    ResponderExcluir
  2. Não há contradição, amigo, a maçã não recebe a cera, ela é natural da fruta. Atente a parte do texto que diz:

    "A maioria das frutas que aplicam cera não se come a casca (como o caso de tangerinas, laranjas e abacate). A maçã brasileira não recebe aplicação de cera, a que ela tem é natural."

    Em alguns países se aplicam a cera na maçãs também, mas no Brasil não é aplicada.

    Assim fica claro que as maçãs que consumimos aqui não levam um banho EXTRA de cera natural, lá fora sim.

    ResponderExcluir

Adbox