Breaking

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Boato: Jose Roberto Wright roubou bacalhau de supermercado? FALSO

Um vídeo filmado em Abril de 2017, acusando – falsamente - o ex-árbitro de futebol José Roberto Wright de ter roubado uma peça de bacalhau em um supermercado,  volta a circular em Fevereiro de 2018 e se torna viral na internet.

No vídeo, de baixa qualidade e com imagens pouco nítidas, um homem é abordado no estacionamento de um supermercado pelo segurança do estabelecimento. Após uma breve discussão é constatado que o homem não pagou pelo bacalhau, mas, ainda assim, o segurança opta por dar uma pequena lição de moral ao gatuno aconselhando-o a não fazer mais isso, pois, “é muito feio”.

Boato: Jose Roberto Wright roubou bacalhau de supermercado?


Assista, abaixo, ao vídeo do flagrante de um sósia de José Roberto Wright roubando bacalhau do supermercado:


É verdade que Jose Roberto Wright roubou bacalhau de supermercado?

Verificação dos fatos – A baixa resolução do vídeo e a semelhança física - duvidosa e subjetiva -do mão-leve com o ex-árbitro de futebol e ex-comentarista de arbitragem da Rede Globo de Televisão, levou a algumas pessoas a espalharem nas redes sociais a acusação de que o ladrão era de fato o juiz futebolístico tão odiado pela torcida do Atlético Mineiro e tantas outras.

Mas tudo não passa de uma grande mentira que vem se perpetuando graças ao poder do denuncismo vazio e do sensacionalismo que tantas pessoas adoram compartilhar.

O fato ocorreu em meados de Abril de 2017 e fez com que José Roberto Wright, na ocasião,  desse uma entrevista ao UOL Esporte dizendo:
"Vai ficar caro para as pessoas que fizeram essa brincadeira de mau gosto, já encaminhei para a Polícia Federal a queixa. Isso vai ficar ruim para quem fez."...
Ora, embora o homem possa ter, graças a baixa qualidade do vídeo, uma certa semelhança com o ex-árbitro é bem clara a diferença de sotaque e timbre de voz entre o ladrão de bacalhau e o Juiz de futebol. Além disso a placa do carro é de São Paulo e José Roberto Wright mora e possui carro no Rio de Janeiro.

Esclarecida dúvida de que não se trata do José Roberto Wright, o ladrão de bacalhau, é interessante notar a atitude do segurança do supermercado que liberou o velhaco com conselhos moralistas e brandos. Há de se estranhar a atitude do segurança de não encaminhar o mandro a uma delegacia policial, já que essa é a atitude normalmente aplicada a pessoas com aparência de pobre e, quase que invariavelmente, a  negros. 

Talvez tal atitude tenha se dado por ser ele, o segurança, um boa praça ou por estar sendo filmado. 

Nunca mais caia em Boatos - SIGA O Boatos.info no Facebook


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox