Breaking

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Médicos negros salvam membro da Klu Klux Klan: Falso

Foto Falsa: Médicos negros salvam membro da Klux Klu Klan (KKK) e mostram ao mundo um comprometimento com a ética médica e o valor humanitário da profissão. Um verdadeiro tapa na cara da sociedade preconceituosa.

O compartilhamento da foto dos médicos negros atendendo um membro da KKK ganhou forças graças a revolta das pessoas com o caso da pediatra que cancelou as consultas de sua paciente devido as posições politicas da mãe da criança.  -Estadão -


Legenda que acompanha a foto nos compartilhamentos nas redes sociais: "Médicos negros de plantão na madrugada na Georgia salvando a vida de um homem da Ku Klux Klan depois do mesmo se envolver em ataques a uma comunidade negra." (sic)

 Entenda a história Falsa que correu nos EUA em meados de 2011:

Publicidade:

 "Durante um ataque da  Ku Klux Klan a uma família negra na Geórgia, a família teve a sua casa incendiada. Neste ataque um engenheiro membro da K K K, foi agredido a golpes de foice por um morador de 14 anos, obviamente negro. O mesmo rapaz teve sua casa incendiada e sua avó de 89 anos assassinada a chutes.

O ataque ocorreu com uma foice, segundo o jovem, em defesa de sua família e ao ver sua avó no chão sendo brutalmente espancada, resolveu intervir.

O engenheiro ferido, de 38 anos foi levado as pressas para um hospital, onde estavam apenas um médico negro e enfermeiras também negras, ( Que é muito comum nos plantões noturnos e finais de semana na Geórgia) que o socorreram imediatamente e conseguiram estancar a hemorragia e salvar o indivíduo, independente de quem era." 

Médicos negros salvam membro da Klu Klux Klan: Falso

Tanto a foto quanto a legenda que a acompanha é de fato muito impactante e causa uma grande reflexão, pena que ambos são falso.

De acordo com o site americano caçador de hoax Snopes , a foto que também se tornou viral nos EUA , gerou muita comoção por lá, tendo inclusive algumas pessoas dizendo que um dos médicos era o ator Eriq LaSalle, que retratou o cirurgião Dr. Peter Benton na série ER (no Brasil chamada de Plantão Médico). O que foi desmentido pelo Snopes.

Essa foto na verdade foi tirada em 2004 pelo fotógrafo Sean Izzard como parte de uma campanha publicitária denominada " Para pessoas que acham que são melhores do que são" e mostrava pessoas agindo com nobreza em circunstâncias adversas. A campanha foi criada para a revista Large pela agencia publicitária DDB.



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox