Breaking

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

homem urinou em mulher pintada de negro - Verdade ou mentira?

Será mesmo verdade que um homem urinou em uma mulher pintada de negro na USP em nome da arte?

Depois de inúmeras polêmicas envolvendo arte e cultura de gosto duvidoso, com protestos e fechamento de diversas exposições em várias cidades brasileiras, uma nova polêmica surgiu na última quinzena de outubro de 2017 através da divulgação de uma foto em que um homem mija em uma mulher pintada de preto.

A inusitada cena com características de racismo - quando vista fora do contexto - teria sido, de acordo com as informações no Facebook, feita no pátio da USP – Universidade de São Paulo.

Homem urinou em uma mulher pintada de negro na USP


Será verdade que o artista mijou em uma mulher pintada de preto na USP?


Verificação dos fatos – Apesar de verdadeira, a performance não é atual: ela é de 2013 e ocorreu durante o 8° Encuentro Hemisférico del Centro de Estudios de Arte y Política, realizado no Departamento de Artes Cênicas da USP.

A artista performática é a guatemalteca – quem nasce na Guatemala -  Regina José Galindo, que durante a performance chamada de “Piedra”, se transforma em pedra para mostrar a opressão sofrida pela mulher durante toda a história humana.

No site do Instituto Hemisférico a performance é descrita assim:

Piedra: - A história da humanidade permaneceu inscrita nos corpos das mulheres latino-americanas. Em seus corpos, conquistados, marcados, escravizados, objetivados, explorados e torturados, pode-se ler as terríveis histórias de poder e luta que moldam nosso passado. Os corpos são frágeis apenas em sua aparência. É o corpo feminino que sobreviveu à conquista e à escravidão. Como uma pedra, guardou o ódio e o rancor da memória para transformá-la em energia e vida. ( trecho extraído do site hemi.nyu.edu e traduzido do espanhol).

Concluindo – É verdade que em 2013 um homem urinou em uma mulher pintada de negro. De acordo com a artista Regina Galindo, a performance é uma forma dela mostrar os maltratos que a mulher sofre no dia a dia.

Siga Boatos.info no Facebook
Siga o Boatos.info no Twitter:
Mande sua sugestão de boatos e mantenha-se informado sobre outros boatos através do Whatsapp:  2199844-0853


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox