Breaking

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Guarda zoológico morreu ao estuprar Jacaré - Boato

Circula na internet uma história incrivelmente bizarra com um título devidamente sensacionalista ” Guarda zoológico morre ao estuprar Jacaré”. Espantoso não é mesmo? Tão espantoso quanto falso. Existe, infelizmente, na internet, uma tendência de criação de histórias bizarras para atrair publico e ganhar likes. Afinal, quanto mais inacreditável é uma história, mais curiosidades ela desperta.

Leia parte da história falsa que circula na internet:

Guarda zoológico morreu ao estuprar Jacaré - Boato

O boato: Guarda de um zoológico foi morto na manhã de ontem no recinto de jacarés do Jardim Zoológico de Nápoles nos Estados Unidos da América, enquanto tentava agredir sexualmente um dos répteis.

De acordo com o Capitão Henri White, o porta-voz do Departamento de Polícia de Nápoles, Jimmy Olsen de 24 anos de idade, estava envolvido numa relação sexual com um dos répteis mais jovens, quando foi surpreendido por um dos animais maiores que atacou por trás.

O jovem foi  arrastado para debaixo d’água e se afogou.

“As imagens capturadas pelas câmeras de segurança mostram que o Sr. Olsen tinha claramente se colocado em uma posição muito vulnerável”, disse Capitão White aos repórteres. “Ele tinha as calças em torno de seus joelhos e estava deitado em cima de um dos animais, dando as costas para os outros. O pobre rapaz não tinha a menor chance! Podemos vê-lo sendo arrastado para a água.“ – Fim do Boato

Esclarecendo o boato do Guarda zoológico que  morreu ao estuprar Jacaré.


Verificação dos fatos - A primeira coisa que fizemos foi procurar o vídeo do tal guarda que morreu ao tentar estuprar um jacaré, mas não existe vídeo algum publicado na internet.

De acordo com o site caça-boatos Snopes, toda essa história foi inventada pelo site World News Daily Report  Que é famoso por publicar conteúdos de hoax  com fins de “entretenimento”. E isso pode ser lido perfeitamente na seção de disclaimer do site. 

WNDR (World News Daily Report) assume toda a responsabilidade da natureza satírica de seus artigos e a natureza fictícia do seu conteúdo. Todos os caracteres que aparecem nos artigos deste site – mesmo aqueles baseados em pessoas reais – são totalmente ficcionais e qualquer semelhança entre eles e quaisquer pessoas, vivas, mortas, ou morto-vivo é puramente um milagre.”

Talvez os internautas mais atentos devem ter notado o nome de “Jimmy Olsen” e se lembrado acertadamente do fotógrafo do amiguinho do Super-Homem.

Resumindo: Essa história de que um guarda zoológico morreu ao estuprar um jacaré é falsa e tão bizarra quanto alguém ter sido capaz de acreditar nela



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox