Breaking

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Homem que ejaculou em passageira é espancado na cadeia - Falso

Boato que circula na rede diz que o homem que ejaculou na passageira foi espancado na cadeia e está em estado gravíssimo no hospital.

O caso de Diego Ferreira Novais ficou famoso nas redes sociais após ele ter sido preso por ejacular no pescoço de uma passageira de ônibus e ser liberado por decisão da justiça, que classificou que não houve constrangimento (constranger significa forçar, compelir, coagir) da vítima.

Logo após a sua soltura, respondendo apenas por contravenção penal, Diego foi preso novamente pelo mesmo crime, mas dessa vez ele segurou a vítima, o que caracteriza o constrangimento (coação) e finalmente o estupro consumado.

Homem que ejaculou em passageira é espancado na cadeia - Falso

Por essa feita, o elemento foi enquadrado e mantido em prisão preventiva.


Já era de se esperar que sites caçadores de cliques e invencionam notícias iriam criar algum tipo de boato sensacionalista. E nada melhor para atrair o público do que inventar que o sujeito que ejaculou na passageira teria sido espancado na cadeia.

Pessoas que estavam revoltadas com o caso se sentiram vingadas e rapidamente espalharam a falsa notícia.

A notícia falsa foi criada pelo site Portal Top 5, que é conhecido por criar suas próprias notícias e atrair pessoas que acreditam em tudo que encontram na internet.

Ao contrário do que diz a notícia FALSA, Diego está preso em uma área isolada do CDP (Centro de Detenção Provisória) de Pinheiros (SP) e tirando a sua debilidade mental, se encontra em perfeita saúde física.

É oportuno dizer que existe dúvida a respeito de eventual transtorno psiquiátrico ou de distúrbio de natureza sexual do acusado e essa questão será melhor averiguada pelo juízo competente.

É evidente que em um caso dessa natureza, que possui um grande monitoramento da mídia e da população, qualquer fato que venha a ocorrer com o réu será noticiado nos portais, como tem sido até então. Se algo tivesse acontecido ao elemento, certamente seria amplamente divulgado na imprensa, afinal, esse tipo de notícia atrai milhares de cliques.



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox