Breaking

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

PROCON da Paraiba estuda bloquear Pokemon Go em todo Brasil

Procon da Paraíba pode bloquear Pokemon Go em todo Brasil, caso cheguem a conclusão de que o jogo coloca em risco a segurança e vida das pessoas.


A notícia começou a circular na web através do Jornal da Paraíba mas foi retirada do ar pouco tempo depois.


Em entrevista para o Jornal da Paraíba, o secretário adjunto do órgão, Tárcio Nóbrega, declarou o seguinte:


Procon da Paraíba pode bloquear Pokemon Go em todo Brasil


Estamos preocupados com os efeitos negativos do jogo. Vêm acontecendo mortes, assaltos, acidentes, então queremos estudar isso para conscientizar as pessoas. Ainda não temos uma ação concreta definida. O Procon se preocupa com a segurança, saúde e proteção do consumidor.”


A ação teria sido iniciada pelo PROCON do município de Cabedelo, cidade da Grande João Pessoa, e estar prestes a ser encaminhado para o Ministério Público do Estado da Paraíba.


Segundo o diretor do MP-PB, Glauberto Bezerra, "isso merece um estudo mais apropriado, merece análise de dados dos acidentes, do número de pessoas assaltadas". Porém, ele afirma ainda não ter conhecimento da ação e diz estar aguardando a chegada desse pedido para fazer a sua análise.


Parece que o PROCON da Paraiba, anda se deixando levar por notícias falsas da internet que dizem que o jogo está causando morte de brasileiros. Tirando um único caso com relação indireta com o jogo no Amazonas, onde após o roubo do celular de uma PM feminina, que de folga, brincava com o jogo, ocorreu perseguição e tiroteio que vitimou com bala perdida uma senhora que nada tinha a ver com a história. Fora esse caso, não há relatos reais de mortes no Brasil por causa do jogo Pokemon.


Leia sobre o assunto: Mentira! Pokemon Go está matando jogadores no Brasil e Mentira! Pokemon Go mata 6 pessoas em acidente em Goáis.


É uma completa inversão de valores , o Estado omisso em segurança querer culpar os jogadores por serem assaltados ao invés de se preocupar em dar segurança para que seus cidadãos tenham o direito de usarem seus celulares nas ruas.


Parece típica ação de marido corno manso que flagra a mulher transando com o Ricardão no sofá e como solução vende o sofá.


Até o momento não há nenhuma denuncia oficial do PROCON ao Ministério Publico da Paraíba. Vamos aguardar.


 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox