Breaking

terça-feira, 12 de julho de 2016

Golpe dos Falsos médicos que cobram por exames falsos

Continua em plena atividade o golpe dos falsos médicos que cobram por falsos exames e remédios de pacientes internados em hospitais particulares e públicos.


Segundo uma das pessoas lesadas, estelionatários se passam por médicos, ligam para familiares de pessoas internadas em um hospital particular, e pedem exames.


Os golpistas dizem que tudo deve ser feito de forma urgente, e pedem que o dinheiro seja depositado em uma conta, com a promessa que depois o valor será reembolsado pelo plano de saúde.



[caption id="attachment_5039" align="aligncenter" width="603"]Golpe dos Falsos medicos [ Foto reprodução do vídeo do G1 sobre o caso do golpe dos falsos médicos ocorrido em Valadares , MG , em 2015.][/caption]

O mais recente golpe foi relatado por Viviane A. C. em sua página do Facebook. Ela relata que recebeu uma ligação de um falso médico que pedia exames adicionais para o seu pai está internado no hospital São Vicente de Paulo - Tijuca - RJ.


Bastante convincente, o falso médico disse que o pai de Viviane precisaria de exames urgentes, mas que o plano de saúde so liberaria em 15 dias.  Leia abaixo na íntegra o relato de Viviane:



Relato de uma vítima dos Falsos Médicos que cobram por exames Falsos


"Gente, um alerta:


Muitos sabem que meu pai está internado, pois é...hoje minha mãe recebeu um telefonema do 'Dr. alexandre' dizendo que no ultimo exame de sangue havia sido detectada uma infecção ainda não generalizada, mas gravissima. Risco iminente de hemorragia no pâncreas e poderia ser fatal.


Que precisavam fazer um exame com urgência, mas a autorização do plano para tal demoraria de 10 a 15 dias...
Minha mãe me ligou desesperada, e eu também fiquei! O médico deu o numero do seu celular e pediu que um responsável ligasse para autorizar. Eu mesma liguei.


Ele foi bastante convincente e pediu que depositasse o valor de 2.450,00 na conta do médico dono da Clinica responsável por esse exame. Itaú...conta tal agencia tal...passou até o cpf.


Meu marido desconfiou e ligou pra Ouvidoria do hospital onde meu pai está e enquanto eu tomava banho pra ir ao banco fazer o deposito, ele se certificou de que meu pai estava bem. Era um golpe! E só hoje passaram em duas familias que estão com parentes no Cti.


Os canalhas utilizam a fragilidade emocional das familias. Acreditem, isso é a escória da humanidade! País dos espertos, da impunidade, da vergonha.


Estejam alertas! Pois nosso estado emocional não nos permite identificar essas falcatruas, ficamos muito vulneráveis.


Que minha experiência possa servir para outras famílias.
E que essa quadrilha inteira se estrepe." ( sic - Postagem de Viviane A. C. no Facebook  )



Golpe dos falsos médicos não é novidade:


O golpe parece ser mais comum que se imagina e muitas vezes logra sucesso: Em 10/09/2015, a matéria do site G1, Falsos médicos enganam parentes de pacientes em Valadares, Minas Gerais, divulgou o golpe que lesou dezenas de parentes de pessoas que estavam internadas no hospital.


De acordo com uma das vítimas do caso ocorrido em Valadares, no mesmo dia em que ela fez o depósito, parentes de todos os pacientes que estavam na UTI do mesmo hospital receberam ligação do falso médico, pedindo dinheiro para exames. Ele teria prometido que o dinheiro seria devolvido depois que o comprovante de depósito fosse entregue no hospital.


A mulher conta que todos ficaram sabendo que era um golpe quando chegaram no local informando o pagamento. Em seguida, ela teria voltado ao banco e bloqueado o depósito para o falso médico. Segundo a polícia, o comprovante do depósito estaria em nome de uma mulher, e as investigações mostraram que ela mora no estado do Mato Grosso.


Não houve mais nenhuma reportagem do G1 sobre o desfecho dessa história.



Falsos Médicos pedem depósitos para comprar remédios:


Outra modalidade do golpe foi relatada pelo G1, na matéria, " Estelionatários aplicam golpe da ligação do falso médico em Fortaleza". no dia 22/03/2016.


De acordo com a matéria, os  criminosos se passam por médicos e ligam pedindo dinheiro para a compra de medicamentos para familiares internados em hospitais, públicos e privados, da capital cearense. Os criminosos conseguiram extorquir depósitos bancários de R$ 2 mil, segundo a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DFF).


Na derivação desse golpe, os criminosos também diziam que podiam comprar o medicamento pela metade do preço, alegando que o próprio hospital não teria condição de pagar ou que o plano de saúde não cobria aquele medicamento.



Como se prevenir do Golpe dos falsos Médicos:


Jamais efetue qualquer tipo de pagamento tratado via telefone. Nenhum hospital faz esse tipo de cobrança e menos ainda pede depósitos em conta de Pessoa Física. Todo tipo de pagamento adicional deve ser tratado pessoalmente e no próprio hospital.


Compartilhe essa postagem e evite que seus parentes e amigos sejam enganados





Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox