Breaking

terça-feira, 26 de abril de 2016

Barata Voadora tem veneno e pode matar: Mentira!

Barata Voadora tem veneno e pode matar:  Der acordo com alguns sites, um grupo de cientistas descobriram uma nova especie de barata voadora mutante que possui um veneno igual o do escorpião.


Para assustar mais ainda as pessoas, essa tal barata teria uma grande capacidade de reprodução e viveria em grandes cidades: Leia o hoax ( boato) na integra:


"Cientistas brasileiros, identificaram uma barata ''mutante'' que está se reproduzindo de forma impressionante. Trata-se da barata Blattodea mutation  e o pior, elas são cosmopolitas, ou seja, vivem em qualquer lugar não importa o ambiente, temperatura ou estação.


Elas foram identificadas inicialmente em 2009 na cidade de São Paulo e a nova ''raça'' já se espalhou por diversos estados. Ao olhar, não tem como saber qual barata é a ''normal'' ou a que está se reproduzindo com mutação.

Cientistas também afirmaram que essa ''nova geração'' de baratas também possui um veneno semelhante a de um escorpião.  Uma 'picada' dessa barata pode levar o ser humano a ter uma convulsão e morrer.  Cientistas agora tentam saber o que causou essa mutação."


Só isso, nenhuma informação foi adicionada, nem o nome dos cientistas, onde trabalham e muito menos foi citada nenhuma fonte de revista científica séria.


Karlla Patrícia biologa que escreve para o site Diário de biologia, esclarece um grande erro cometido por quem criou esse hoax: “Trata-se da barata Blattodea mutation  …”  Blattodea na verdade é a Ordem das baratas e não um gênero. Não existe gênero de baratas com este nome. Além disso, nenhum entomólogo usaria a palavra mutation (em inglês) para um epípeto, eles utilizariam algum nome em latim."


Barata Voadora tem veneno e pode matar


Pois é: A palavra "mutation" é uma palavra em inglês e não em latim, como é de praxe na nomeação de espécies. Todas as éspecies devem ser nomeadas em latim para evitar que uma especie tenha nomes impronunciáveis em outras línguas. Imaginem um japonês ou um árabe nomeando uma espécie? Seria uma confusão até para escrever.


Em 1735 foi criado um sistema de classificação universal para os seres vivos: o sistema binomial de nomenclatura. A espécie foi adotada como unidade básica de classificação.


No sistema binomial devem ser observadas algumas regras de nomenclatura:




  • O nome científico de uma espécie deve ser escrito em latim e deve estar destacado no texto (em Itálico ou sublinado) como já vimos.

  • É obrigatório o uso de duas palavras para designar o nome científico de uma espécie, daí a expressão sistema binomial de nomenclatura (a palavra binomial significa 'com dois nomes', 'com duas palavras'). A primeira delas deve ser escrita com letra inicial maiúscula; a segunda, com letra inicial minúscula

  • A primeira palavra, com inicial maiúscula, indica o gênero a que pertence a espécie. A expressão formada pela primeira palavra mais a segunda designa a espécie. - fonte: Só Biologia: -O nome dos seres vivos


Concluindo: Não existe nenhuma barata voadora venenosa, mas claro que a gente corre delas como se fossem.

 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox