Breaking

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Vídeo Mariana briga com vizinha por caneca é virus: FALSO!

Boato - Alerta diz que o vídeo Mariana briga com vizinha por caneca é um virus que formata o celular e pede para que as pessoas não o abram. Será que isso é verdade?

O boato tem circulado no Whatsapp desde meados de 2015 e retornou com forças nesse final de Fevereiro de 2016. Curiosamente, nenhuma busca pelo vídeo "Mariana briga com vizinha por caneca" retorna resultados. Todos os resultados levam a blogs alertando sobre o alerta.

Vídeo Mariana briga com vizinha por caneca é virus


É verdade que o vídeo "Marina briga com vizinha por caneca" formata o celular?

Publicidade:

Verificação dos fatos - Nenhuma empresa de segurança virtual - criadora dos antivírus - emitiu qualquer comunicado sobre o assunto.

O fato de não encontrar o vídeo nas buscas é um forte indício de que ele não existe, mas isso não significa que não exista. Alguns sites podem optar por não exibir seus conteúdos nos resultados de pesquisa. Os motivos para essa opção são diversos.

Tecnicamente, conteúdos de sites não indexados nos sistemas de buscas são chamados de sites da Deep Web, a camada profunda da internet. Ao contrário do que muita gente pensa, a Deep Web não é acessível somente por plugins de navegadores como o TOR. Caso queira saber mais sobre o tema, sugiro a leitura do artigo Deep Web: Verdades e mentiras.

Mesmo que o vídeo Marina briga com vizinha por caneca esteja instalado em um site não listado pelos buscadores como Google, Yahoo, Bing etc, é preciso deixar claro ao leitor que não existe uma forma de um vídeo passar vírus para o celular apenas executando o player. Seria preciso ter um arquivo nele. E o Whastsapp não permite execução de nenhum tipo arquivo além de fotos e videos comuns.

O que pode ocorrer é a existência de um link para assistir o vídeo em um site fora do Whatsapp e nesse site existir pedidos para baixar plugins que falsamente permitiriam a execução do vídeo.

Os vírus ou malwares de celulares podem se manifestar de diversas formas, incluindo problemas técnicos no aparelho. Os vírus mais comuns enviam propagandas não solicitadas, redirecionamentos automáticos para páginas estranhas, aparições de ícones estranhos, lentidão por parte do aparelho, excesso de uso da conexão de dados, entre outras atividades estranhas.



Quando um malware infecta um smartphone suas ações irão se restringir ao nível mais exposto, limitando-se aos dados dos usuários e, muito raramente, tendo acesso às funções vitais do sistema.

Grande parte dos malwares para celulares encontram-se nos aplicativos. Por isso é sempre bom tomar cuidado com o que se baixa, mesmo nas lojas oficiais. Ler os comentários de quem baixou antes é essencial.

Outro meios de infecção são os recebimentos de arquivos maliciosos por transmissões via bluetooth, SMS e MMS.

Malware mais nocivos, no entanto, podem atrapalhar a performance do seu celular, interromper ou impedir ligações, podendo ainda contaminar outros aparelhos. Esses apps maliciosos são capazes também de transmitir mensagens, executar aplicativos, destruir o sistema operacional, aumentar o consumo da bateria de seu aparelho e até danificar o hardware.

Concluindo: O vídeo Marina briga com vizinha por caneca, tem amplas chances de não existir e de ser um boato. Mas é sempre bom ficar alerta quando se clica em links que levam para sites externos e esses pedem a instalação de qualquer arquivo. Jamais instale qualquer plugin para assistir um vídeo, pois o seu celular é capaz de ler qualquer vídeo sem essa necessidade. O mesmo vale para o seu computador.

Se um vídeo pedir para que se instale algo, simplesmente feche-o. Nenhum conteúdo vale a pena o risco. Um site sério jamais iria exigir nada do tipo.

Por que classificamos o alerta do vídeo da Mariana como falso? 

Porque esse tipo de alerta circula na internet faz tempo, com diversas variedades de vídeos iscas, como a "Dança do Papa" e nunca houve um relato de pessoas que realmente foram infectadas, assim como nenhum dos sites das empresas de antivírus emitiram qualquer nota sobre a existência desses vírus. 

Acredite, sem bobagens conspiracionistas, se existisse essa história de vídeo transmitindo vÍrus pro celular, empresas como McAfee, Norton, Avg, Avira Symantec etc já teriam alertado todos os sites de tecnologia.

Então podemos dizer com certeza que o alerta é falso!
Siga Boatos.info no Facebook
Siga o Boatos.info no Twitter:
Mande sua sugestão de boatos e mantenha-se informado sobre outros boatos através do Whatsapp:  2199844-0853


Um comentário:

  1. é impressionante como existem pessoas tolas,tudo que é boato desses bloguezinhos de quinta postam as pessoas acreditam,claro que não existe esses tipos de virus provenidos de um video,o video é esse não tem virus algum https://www.youtube.com/watch?v=zPFNq20xGG0 "copia e cola esse link!

    ResponderExcluir

Adbox