Breaking

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Atriz Laura Cardoso morreu: Mentira

Atriz Laura Cardoso morreu aos 89 anos após uma luta contra o câncer.


Esse boato irresponsável e oportunista está sendo compartilhado nas redes sociais, que ultimamente tem sido uma grande capela de cemitério virtual, velando falsos mortos, causando tristezas nos fãs e desespero nos amigos e familiares das "vítimas".


A notícia da morte de Laura Cardoso foi desmentida pela própria atriz em entrevistas a diversos sites, dentre eles os sites Pure People e o Ego, que pertence a Rede Globo, empresa para a qual a atriz ainda trabalha.


"Eu estou de férias e acordei com uma ligação de uma das minhas filhas, a Fernanda. Ela me ligou apavorada. Contou sobre a notícia da falsa morte. Eu fui olhar no Facebook. E realmente estava lá. Não fiquei chocada, afinal de contas, já fizeram essa brincadeira sem graça com a Drica Moraes, a Fernanda Montenegro e o Reynaldo Gianecchini. O brasileiro precisa ser mais educado. Precisa entender que uma brincadeira assim pode ter consequências gravíssimas", diz ela..".



Mentira: Laura Cardoso morreu:


Atriz Laura Cardoso morreu

A notícia da morte de Laura Cardoso parece ter sido espalhada pelos blogs G1noticia Myartsonline, que de cara já usa o nome do G1 para iludir os leitores e pelo blog  vejanog1agora.blogspot.com. Estranhamente ambos os blogs estão fora do ar, sendo que o  vejanog1agora.blogspot.com está com o stauts de removido na plataforma do blogspot.



Por que a internet mata tantos artistas?


A resposta é simples: Trolagem, pegadinhas, likes , compartilhamentos e dinheiro.


A notícia da morte de famosos, é o tipo de notícia que causa sempre grande comoção. Como a maioria das pessoas não buscam informações adicionais no Google, ou quando as buscam se contentam com o primeiro resultado que encontram, fica fácil para  a disseminação da mentira.


Muitas pessoas costumam compartilhar notícias sem nem ao menos clicar no link da matéria. Um bom exemplo é o que está acontecendo com o compartilhamento da morte de Laura Cardoso publicada pelo vejanog1agora.blogspot.com, que mesmo tendo sido removido do Blogger( plataforma de blogs gratuitos Blogspot do Google), milhares de pessoas continuam compartilhando na timeline do Facebook, pois o Facebook aceita o link como se ele estivesse ativo, devido ao cache.


Outra praga que contribui muito para a criação de notícias falsas, é o site Postmoney, que paga para que seus membros criem e compartilhem notícias na internet. Como o Postmoney paga a cada 1000 acessos, os pulhas virtuais criam notícias sensacionalistas que eles sabem que causará grande comoção, como a falsa morte do goleiro Bruno na prisão e a morte de Roberta Miranda.


Vale ressaltar, que esses sites só conseguem audiência por culpa do leitor incauto e preguiçoso, que compartilha irresponsavelmente toda a sorte de notícias sem se dar ao trabalho de checar a sua veracidade.


Por outro lado, os desmentidos demoram mais para serem espalhados, porque são poucas as pessoas interessadas em compartilhar a verdade. Quem compartilha a mentira, dificilmente pede desculpas ou avisa a seus amigos que a notícia era falsa. Por vergonha ou sem-vergonhice, mesmo.






Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox