Breaking

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Menino de 4 anos é anoréxico e tia pede ajuda no Facebook

Mateus, 4, filho da pedagoga Cristiane Quintanilha, 36, não come nada que seja sólido, e não o faz porque detesta comer. Em vez de comida, água. “Se eu ficar cheio, não vou precisar comer”, diz Mateus à mãe


Esse drama que pode levar a criança a morte. fez com que sua tia , Camila Jaconi, fizesse um post no Facebook pedindo ajuda. “Nunca pensei recorrer a um meio de comunicação para solicitar ajuda, mas Mateus precisa comer, não sabemos o que fazer. Quero pedir a algum especialista que ajude Mateus, uma criança linda que não come”.


Muitas pessoas passam pelo drama de ter em casa crianças enjoadas que se recusam a comer alguns alimentos, principalmente verduras e legumes, mas no caso de Mateus, além das verduras e legumes ele não aceita macarrão, arroz , feijão, ele simplesmente odeia mastigar.


A neura do pequeno Mateus com alimentos chega ao ponto dele sentir nojo de ver outras pessoas comendo. Causa ânsias de vômitos e enjoos o simples fato de ver ou sentir o cheiro de comida.


Por enquanto Mateus está dentro do peso graças as mamadeiras enriquecidas com suplementos hipercalóricos feitas pela mãe. Mas ainda assim, nem sempre ele aceita ser alimentado dessa forma.


Estranhamente, Mateus costuma dizer para a mãe que está "famento", e a mãe tenta exaustivamente explicar que é preciso comer para matar a fome. Mas ele se recusa, a única coisa que aceita é beber água. “Se beber água eu vou ficar cheio, mamãe, e não vou precisar comer.”


Ele diz: mamãe, vou comer daqui a cinco dias”, conta. Mateus é pequeno, não tem noção de tempo e coloca prazos que nunca cumpre ao perceber o desespero da mãe. Cristiane chegou a bater alimentos no liquidificador, colocar em uma seringa e pedir que o filho abrisse a boca, para tomar um remédio. “Ele percebeu que não era e começou a gritar: Eu não gosto de comida! Eu não gosto de comida!”,


Mateus já teve que ser levado para o hospital diversas vezes. Os médicos se limitam a dizer que a mãe não pode permitir que ele fique sem comer e que se continuar assim, bebendo somente líquidos, o esôfago dele vai estreitar.


Mas o que fazer nesse caso? Ela já procurou nutricionista, pediatra, otorrino, psicólogo e só ouve conselhos. Nada funciona.

Desesperada a tia Camila fez um apelo no Facebook para ver se consegue ajuda de verdade.

criança com anorexia


Cristiane recebeu vários e-mails de mães que passam por problemas parecidos, mas não tão graves quanto os dela. Muitos adultos que tiveram anorexia e já se curaram, reconheceram-se no pequeno Mateus. Ela espera, agora, receber o e-mail de algum médico ou psicólogo especialista em transtorno alimentar infantil, que realmente entenda o que ela está passando, que aponte caminhos. E que, principalmente, entenda que ela não tem culpa, pois já fez tudo o que estava ao seu alcance para que o filho se alimente e seja saudável.

Você pode ajudar? Entre em contato com o Facebook de Camila Jaconi, aqui




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox