Breaking

terça-feira, 14 de julho de 2015

Médicos cortam pênis de bebê ao invés de cordão umbilical

Médicos cortam pênis de bebê: Estudantes de medicina de um hospital em Coahuila, norte-leste do México, cometeram um imperdoável erro medico ao cortarem pênis de recém nascido pensado ser o cordão umbilical.


Dois estudantes de medicina do Instituto Mexicano de Seguro Social ( IMSS), confundiram o pênis de um recém nascido com o cordão umbilical e o cortaram fora sem a supervisão de um médico pediatra formado. Os médicos tentaram manter em segredo o gravíssimo erro, dizendo que a criança teria sofrido um pequeno corte,  mas o pai da criança,Diego Rangel Izaguirre, ficou desconfiado de algo mais grave porque foi impedido de ver a criança após o nascimento.


Os pais fizeram uma denuncia a "Comisión Coahuilense de Conciliación y Arbitraje Médico"




[caption id="attachment_2801" align="aligncenter" width="611"]Médicos cortam pênis de bebê ao invés de cordão umbilical Incrível: Médicos cortam pênis de bebê ao invés de cordão umbilical[/caption]

De inicio os médicos negaram a negligencia, mas depois admitiram que o fato ocorreu devido a pouca pericia e ausência de médicos experientes no local.  Um cirurgião ainda tentou consertar o erro mas acabou piorando mais ainda a situação, fazendo 2 novas lesões no membro da criança.


O IMSS nega a negligência médica no caso do recém-nascido. Em uma nota explicativa da Delegação Regional, disseram que o acidente ocorreu durante o corte do prepúcio, circuncisão, autorizada pelos pais e teria ocorrido devido a um movimento brusco do neném. Mas de acordo com eles a criança está bem e nada de grave ocorreu. Não foi explicado se a criança teria sequelas futuras no local.


Concluindo: Ainda que faça muito mais sentido que a lesão tenha ocorrido durante a circuncisão do prepúcio peniano da criança, do que confundir o cordão umbilical com o piu-piu do neném, o erro é imperdoável. Afinal nenhum estudante de medicina inexperiente poderia estar em sala cirúrgicas sem a supervisão de um superior formado.


Fonte: Periódico Correo - México




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox