Breaking

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Facebook manipulou quem usou foto com bandeira do arco-iris

Depois da polêmica toda em torno das fotos de perfil com a bandeira do Arco-iris, uma noticia corre o mundo e causa mais polêmica ainda: De acordo com alguns especialistas em rede, o Facebook manipulou quem usou foto com bandeira do arco-iris.


Milhões de pessoas no mundo inteiro utilizou uma ferramenta disponibilizada pelo Facebook, que permitia que os usuários colocassem uma bandeira do Arco-Iris, simbolo do movimento gay, em seus perfis. A ideia era que as pessoas pudessem comemorar a decisão da Suprema Corte dos EUA que tornou constitucional o casamento de pessoas do mesmo sexo.


Em meio a tantas polêmicas e brigas, tendo inclusive usuários deixado de curtir um ao outro por causa do apoio ou não a causa gay, alguns críticos  começaram a veicular a notícia de que o uso da ferramenta foi uma estratégia do Facebook, para coletar e manipular dados psicológicos e comportamentais sobre os usuários da rede.



Será verdade que o Facebook manipulou quem usou foto com bandeira do arco-iris?


A questão foi levantada pela revista The Atlantic , lembrando que o Facebook costuma fazer experiências para colher dados de comportamentos de seus usuários, como fez em 2012, secretamente com o feed de notícias de aproximadamente 700 mil usuários. Em 2012, o objetivo era verificar se o número de palavras positivas ou negativas nas mensagens lidas pelos usuários resultaria em atualizações positivas ou negativas de seus posts nas redes sociais.


Em 2013, um dos cientistas da empresa estudou como um símbolo vermelho de igualdade (o logotipo da Campanha de Direitos Humanos) tornou-se popular nos perfis. Como resultado, os pesquisadores descobriram que os usuários se tonaram mais propensos a alterarem seus perfis se os amigos o fizessem.


E foi concluído que as pessoas se sentiam mais encorajadas a mudar a foto de perfil depois de seis amigos terem mudado também. E seis é o número mágico: se mais pessoas na timeline mudavam a foto, a chance de adesão permanece alta do mesmo jeito. Mas, menos do que isso, e a chance era mais baixa.




[caption id="attachment_2657" align="aligncenter" width="615"]Facebook manipulou quem usou foto com bandeira do arco-iris Será verdade que o Facebook manipulou quem usou foto com bandeira do arco-iris no perfil?[/caption]

Agora a questão das manipulações e pesquisas comportamentais feitas pelo Facebook entram em suspeita novamente. Se das outras vezes o Facebook confirmou que usou ferramentas para colher dados psicológicos, dessa vez, ao ser perguntado pela The Atlantic, o porta-voz do Facebook, negou que a intenção tenha sido coletar dados. A ferramenta não se trata de um experimento ou teste, já que o algoritmo da timeline das pessoas não foi alterado. Todos vêem a mesma coisa


O fato, é que Quando uma pessoa aceita participar do Facebook, ela concorda com a cessão de alguns dados destinados à análise de seus hábitos para o direcionamento de conteúdo da sua timeline, publicitário ou não. E isso está nos termos de adesão que quase ninguém lê.


Portanto, mesmo dizendo que não se trata de um experimento e sim de uma comemoração, o Facebook poderá, se assim o desejar, usar a ferramenta para rastrear quem apoia o casamento gay e adicionar essa informação ao seu banco de dados.


Concluindo;


A informação de que os usuários foram manipulados ao colocarem as fotos da bandeira do Arco-iris é apenas uma especulação lançada por uma revista que lembrou de outras experiências sociais e psicológicas feita pelo Facebook. Não se trata de uma informação confirmada ou real.


Mas ainda assim, apesar de funcionários negarem que o Facebook manipulou quem usou foto com bandeira do arco-iris, é bem provável que os dados tenham sido arquivados, como tudo que você curte ou deixa de curtir na rede. Não é nada com o qual se preocupar.



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox