Breaking

terça-feira, 9 de junho de 2015

A Verdade: Morre chinês mais velho do mundo de 256 anos

morre chinês mais velho do mundo de 256 anos: Essa notícia incrível tem se espalhado pela internet e deixado muito gente boquiaberta, afinal um ser humano viver por 256 é algo assombroso e todos querem saber o segredo para essa longevidade:


De acordo com o texto o mestre taoista chinês, Li Ching Yuenteria nascido em 1677 e morrido somente em 1933 por causas naturais. Ainda segundo o texto, o ancião que praticava Chi Kung era um grande mestre conhecedor de técnicas espirituais que permitiam que ele tivesse uma vida plena de espiritualidade que refletia na longevidade vital de todo o seu organismo:

O Chi Kung (Qi Gong) é uma disciplina da Medicina Tradicional Chinesa, e tal como esta evoluiu através dos tempos. O Chi Kung é uma técnica milenar Chinesa de treino interior, objectivando o equilíbrio do indivíduo como um todo: físico, mental e espiritual. Ele resulta de milhares de anos de experiência dos chineses no uso da energia (Qi) para tratar doenças, promover a saúde e longevidade, expandir a mente, alcançar diferentes níveis de consciência e desenvolver a espiritualidade. No entanto, para se obter os benefícios que esta prática proporciona, é necessário vários treinos regulares, disciplina e aplicação prática da sua filosofia no dia-a-dia.



Será verdade que o chinês mais velho do mundo morreu com 256 anos?


Na verdade , Li Ching Yuen, é uma lenda urbana contada na China há muitos anos, desde quando nem sequer se pensava na existência da internet, e ganhou o mundo ocidental quando em um artigo da Revista Time ("Time Magazine"), em 1930 o Professor Wu Chung-chieh, diretor do Departamento de Educação da Universidade de Chengtu, relatou que encontrou registros do Governo Imperial Chinês datados de 1827 congratulando Li Ching Yuen por seu aniversário de 150 anos.


 De acordo com os registros, o mestre Li encontrou nas montanhas um eremita de idade ainda maior que lhe ensinou o Pa-Kua e um conjunto de práticas de Chi Kung, que incluíam treinamentos de respiração, movimentos coordenados com sons, e recomendações sobre a alimentação e o uso de ervas medicinais.


Não existem registros preciso de quanto Li Ching Yuen teria vivido, alguns relatos falam em 196 anos e outros em 256. A lenda ganha forças devido a inexistência de certidões de nascimento na época da suposta vida do mestre Li. Aliás nem se pode dizer de fato que ele existiu, já que sua vida foi sempre contada de boca, podendo ter sido alterada com o passar das gerações e do tamanho da imaginação do narrador da história.



A fotografia do  chinês mais velho do mundo de 256 anos


Claro que só de olhar para a fotografia, se percebe que não poderia se tratar de uma pessoa que  supostamente teria morrido em 1933. A foto que serve para ilustrar o mestre Li de 256 anos  na verdade é de uma mulher, a chinesa,  Luo Meizhen que de fato faleceu em 2013 com 127 anos, sendo até então a mulher mais velha do mundo.


Morreu o chines homem mais velho do mundo com 256 anos



A verdadeira fotografia do mestre Li seria essa encontrada na Wikipédia


220px-Li_chingYuen



Resumindo: História de que o chinês mais velho do mundo com 256 anos teria morrido, é apenas mais uma das muitas lendas urbanas que se contam ao redor do mundo, sem nenhuma prova de que seja verdade. De concreto mesmo mesmo, somente que se trata de uma lenda anteriora segunda guerra mundial. que durou por séculos.


Wong Kiew Kit, Mestre de Chi Kung e Tai Chi Chuan, escreveu sobre Li Qing-Yun em sua homepage, respondendo às questões de seus leitores: "Eu não tenho certeza se o "Homem de Sorte" Li Qing Yun foi uma pessoa real ou apenas um mito, mas ele é certamente uma inspiração para nós." Uma inspiração para viver com saúde pelo tempo de vida possível ao ser humano em cada época.




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adbox