Breaking

domingo, 31 de maio de 2015

Mulher que matou cachorro com maçarico morreu queimada ?

De acordo com algumas informações que circulam na rede, a mulher que matou cachorro com maçarico teria sido pega por populares que vingaram o cão a queimando viva.

Um vídeo de uma mulher colocando fogo em um cão com um maçarico circulou na internet no dia 29 de maio de 2015 e causou imensa revolta em todas as pessoas que viram o vídeo. Não era para menos, na cena a mulher sorria para a câmera enquanto queimava o cachorro até a morte. Poucas pessoas conseguiram ver o vídeo da mulher que matou cachorro com maçarico até o fim.



Logo após a divulgação do vídeo da mulher queimando o cachorro, um outro vídeo começou a circular na rede mostrando que a mulher que matou o cachorro com maçarico foi queimada viva por populares revoltados.  No novo vídeo, a mulher teria sido brutalmente espancada antes de ter sido queimada.

Mulher mata cachorro com Maçarico e sorri:

Com imagens muito fortes, o vídeo mostra a agonia do cão, que chora e se contorce diante das sucessivas vezes em que a mulher encosta o maçarico no animal, percorrendo a chama por todo o corpo dele. Em dado momento, a câmera filma os pés da agressora, que usa sapatos de salto alto cor-de-rosa. No fim, o animal já não chora mais, porém a tortura continua, e a mulher aparece olhando para a câmera com um enorme sorriso. Diante da brutalidade do vídeo, o Verdade Absoluta optou por não exibir as imagens.

Será verdade que a mulher que matou cachorro com maçarico foi queimada viva por vingança?

Apesar do vídeo que correu o Facebook dizendo que a mulher teria sido identificada e justiçada com a mesma forma brutal que usou contra o pobre e indefeso cachorro,  não se trata da mesma pessoa.
A mulher que aparece no vídeo sendo espancada e queimada, de acordo com o site Guate vision da Guatemala teria sido vitimada em 19 de maio de 2015, em Suchitepéquez, na Guatemala. A adolescente de 16 anos era suspeita de ter assassinado um mototaxista da região de 68 anos. Populares, entre homens, mulheres e até crianças, iniciaram uma série de linchamentos na adolescente e terminaram a tortura queimando o seu corpo. O vídeo foi colocado na rede, e muita gente confundiu com a degenerada que queimou o cão com maçarico. Mas não são a mesma pessoa.

A mulher que queimou o cachorro com o maçarico continua sem identificação, o que causa uma certa apreensão pois pode ocorrer alguma confusão vitimando uma inocente, como já aconteceu outras vezes.

Mulher que ateou fogo em cachorro é de Campina Grande?


ALERTA: está circulando a foto em forma de cartaz, dizendo que a policia procura Isabella Kristina como sendo a mulher a mulher que ateou fogo no cachorro na cidade de Campina Verde, mas essa foto ( de tamanho menor) é falsa e por isso o rosto dela está propositalmente borrado, para que não façam besteiras como já fizeram certa vez linchando e matando uma mulher inocente, que foi confundida com uma sequestradora de crianças. Essa mulher que aparace na foto menor do cartaz que dizem ser a mulher que queimou cachorro com maçarico na verdade é uma atriz porno e nada tem a ver com o caso.

Falso cartaz diz que a a mulher que queimou cachorro com maçarico se chama Isabella Kristina, mas isso não é verdade.

Conclusão: Ninguém sabe quem é a mulher que queimou o cão e tampouco ela foi morta queimada por populares revoltados. Alguns cartazes falsos estão aparecendo na internet apontando uma tal de Isabella Kristina como autora da atrocidade , mas isso não é verdade.

Acredito que a identificação dessa mulher só será possível se rastrearem a origem do vídeo, que nem ao menos sabem de onde teria sido feito. Para muitos a mulher que matou o cachorro é uma japonesa, outros dizem ser chinesa ou tailandesa, mas não vejo sinais de que ela seja oriental. O rosto dela é muito comum, milhares de mulheres se parecem com ela.




Um comentário:

  1. […] Uma das formas mais terríveis e covardes de se espalhar boatos é usando fotografias de pessoas que nada tem a ver com as histórias compartilhadas, como no caso de Isabella Kristina que foi acusada falsamente de atear fogo em um cachorro. […]

    ResponderExcluir

Adbox